Dor de dente? Descubra os motivos e dicas para aliviar

Além de ser muito desagradável, a dor nos dentes acaba afetando todas as atividades diárias do paciente. Isso porque, além de causar um grande incômodo, ela também é fonte recorrente de distrações, dificuldades no aprendizado e problemas com a alimentação.

Esse transtorno pode ter diversas origens, sendo que as mais comuns são as infecções bacterianas orais, como a cárie, a periodontite avançada e a sensibilidade dental causada pela erosão do esmalte. 

Contudo, essas dores ainda podem ser provenientes de condições como:

  • Bruxismo ou briquismo;
  • Má oclusão dental – encaixe incorreto das arcadas dentárias;
  • Danos em restaurações antigas;
  • Retração gengival;
  • Quebras ou trincos na superfície dos dentes.

Outra origem comum para esses incômodos é o tratamento ortodôntico, realizado por meio do aparelho dental de porcelana ou do fixo comum. Nesse caso, a dor se inicia logo após a consulta de manutenção e não deve durar mais do que uma semana.

Mas, se esse quadro não passar em poucos dias, é fundamental que as pessoas procurem um auxílio odontológico que possibilite o diagnóstico exato do problema e a realização do tratamento adequado. 

No entanto, até lá, existem alguns métodos que ajudam a aliviar o desconforto.

Como aliviar dores de dente

Às vezes, a rotina corrida e as longas jornadas entre o trabalho e o domicílio, podem dificultar o agendamento de consultas médicas e o acompanhamento adequado com um cirurgião-dentista. Ou ainda, a data da consulta marcada pode estar muito distante.

Nestes casos, enquanto essa visita não é possível, o paciente pode optar pela adoção de algumas medidas que podem atenuar a intensidade das dores e trazer algum conforto, como:

  • Faça bochechos com água e sal

Em casos de abcessos ou inflamações gengivais severas, o bochecho com água e sal pode servir para combater as bactérias causadoras do problema. Assim, em conjunto com a limpeza do local, o sal ajuda a drenar a inflamação, aliviando a dor.

Esse bochecho pode ser repetido a cada uma hora e deve durar cerca de 30 segundos. Para isso, basta misturar meia colher de chá de sal em uma xícara de água morna.

  • Coma alimentos gelados

Tanto no início de um tratamento com o aparelho de porcelana, quanto em casos de inflamação no dente ou durante a recuperação pós-operatória, a compressa de gelo auxilia muito no controle da dor.

Assim, a compressa pode ser feita de forma externa com a proteção de um pano – para não lesionar a pele do rosto –, por meio da aplicação do gelo diretamente no local inflamado ou o paciente pode ainda chupar o gelo. Todos esses meios são igualmente eficazes.

  •  Higienize bem o local

A higienização bucal deve ser feita todos os dias, inclusive por quem possui a lente de contato nos dentes. Isso porque, as bactérias danosas podem formar a placa bacteriana e o tártaro rente ao tecido gengival, gerando doenças e ameaçando as estruturas dentais.

Deste modo, é recomendado que todos façam a escovação três vezes ao dia, com o auxílio de uma escova macia e um creme dental com adição de flúor.

  • Use o fio dental

Quando temos alguma inflamação nas gengivas, a região fica mais sensível e dolorida. Assim, muitos pacientes tendem a evitar passar a escova ou o fio dental na região.  

No entanto, esse é o momento em que a área mais precisa de limpeza, mesmo quando é utilizada a lente de dente.

Por isso, o fio dental deve ser passado antes da escovação, após todas as refeições e principalmente antes de dormir. Isso vai ajudar a controlar a inflamação e remover as bactérias e restos de comida do local.

Como os cuidados diários podem beneficiar a saúde bucal e o cotidiano

Mesmo sabendo de todas essas formas de reduzir as dores nos dentes, a consulta com um profissional é fundamental. Pois, além de tratar as causas específicas, ele pode prevenir o agravamento dos quadros e suas possíveis consequências.

No entanto, essas consultas devem ser feitas mesmo quando não há nenhum tipo de dores ou incômodos. Pois elas são necessárias como método profilático e para possibilitar a limpeza profissional com a aplicação do gel de flúor.

Em conjunto com os cuidados diários, essas consultas, além de garantir a maior durabilidade de procedimentos odontológicos estéticos, como as facetas ou o clareamento dental, também proporcionam diversos benefícios para a saúde em geral, como:

  • Melhora da aparência geral do sorriso;
  • Diminuição do aparecimento de manchas e amarelamentos;
  • Aumento da resistência dental;
  • Melhora na autoestima e confiança;
  • Redução do risco ao edentulismo.

Por todos esses motivos, os médicos indicam que todos os pacientes compareçam a uma consulta de rotina e limpeza a cada seis meses. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Lógica de Mercado, uma rede de conteúdos para alavancar negócios e proporcionar mais qualidade de vida e saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *