Jiu jitsu – Tudo que você precisa saber! Benefícios, Pontuação e Graduações

4.8 (95.56%) 27 votes

jiu-jitsuJiu jitsu: sua história, benefícios e graduações

O jiu-jitsu é uma arte marcial baseada na autodefesa, na qual são realizados movimentos de imobilização para derrubar o oponente. Criada por uma casta guerreira do Japão, o jiu-jitsu tem influências indianas e pode ser uma ótima forma de perder peso e ganhar massa muscular.

Mas, seus benefícios não para por aí, além de emagrecer e ganhar músculos, o jiu-jitsu é considerado um hobby saudável, uma ótima forma de relaxamento e de aliviar o estresse do dia a dia.

Indicada, principalmente, para quem quer aprender golpes para se defender, essa arte marcial pode ser praticada como forma de vale tudo, na modalidade livre esportiva, ou como apenas um combate de corpo, para conseguir mais faixas de jiu jitsu e como arte de lutas marciais japonesas, marciais chinesas ou as marciais mistas.

historia-da-lutaHistória do Jiu-Jitsu

O termo Jiu-Jitsu, é derivado do japonês, enquanto Jiu significa suavidade e brandura, Jitsu remete à arte e técnica.

Nessa arte marcial o objetivo do jiu-jitsu é derrubar o oponente, para isso, são utilizadas técnicas e golpes de alavanca.

O Jiu-jitsu surgiu quando perceberam que um samurai poderia perder suas armas a qualquer momento, durante uma batalha, e, portanto, para sua própria sobrevivência, era preciso descobrir alguma forma de se defender estando desarmado.

Por isso, Jiu-Jitsu é uma luta baseada na defesa, ou seja, não são usados, golpes traumáticos, pois os guerreiros usavam armaduras na época e seria ineficiente.

Ou seja, essa arte marcial foi criada para garantir que guerreiros feudais japoneses estivessem sempre preparados para quaisquer circunstâncias, sabendo se defender e proteger o seu líder, Daimiô.

No Brasil, essa arte marcial chegou em 1914, quando o japonês Mitsuyo Maeda, especialista nas artes marciais orientais, desembarcou por aqui depois de uma turnê pela América do Norte e Central, onde apresentara – pela primeira vez no continente – o judô e o jiu-jitsu.

Como funciona o Jiu-Jitsu

Como já foi dito, o jiu-jitsu é uma luta baseada, principalmente, na defesa dos golpes do adversário, sem pretender machucá-lo. Portanto, os lutadores treinam golpes visando, unicamente, imobilizar os oponentes. O jiu-jitsu, portanto, é usado mais como uma luta de auto defesa.

Para realizar a imobilização, os praticantes utilizam a força e peso do próprio adversário contra ele mesmo, sendo a finalização, no chão, o que mais diferencia o jiu-jitsu das outras artes marciais.

Ficando claro, portanto, que nessa arte marcial os golpes desferidos não devem ter o intuito de machucar ou desconcentrar o oponente, como acontece, por exemplo, com outras lutas, como o boxe ou muay thai.

Para melhores resultados, o ideal é realizar os treinos duas ou três vezes por semana, sendo que cada aula pode durar de 40 até 90 minutos.

Antes do treino, propriamente dito, são realizados circuitos iniciais sobre o tatame, com polichinelos e flexões.

Vale saber que, no Brasil, o jiu-jitsu é uma das artes marciais mais praticadas, principalmente, pela liga brasileira.

A pontuação no jiu-jitsu

pontuaçãoA competição de Jiu-Jitsu acontece em um tatame de 36 m² (área de combate), geralmente, com uma linha de segurança de cor diferente para orientar os lutadores, com pontuação constituída por vantagem e pontos.

A vantagem é decidida após o termino da luta, quem terminar em uma posição de vantagem ganha um ponto.

Já para ganhar um ponto é preciso dominar o adversário por mais de 3 segundos na mesma posição.

É preciso saber que no jiu-jitsu não há empates, e a pontuação é feita por uma equipe de arbitragem, supervisionada por uma outra equipe, para garantir um placar sempre justo.tabela-de-pontuação-do-jiu-jitsu

Regras das competições

Como acontece com qualquer competição de luta, o jiu-jitsu brasileiro adota algumas regras. Na prática dessa luta:

Golpes proibidos:

  • Atingir órgãos genitais;
  • Golpes traumáticos;
  • Morder, puxar o cabelo ou enfiar o dedo nos olhos;
  • Qualquer ato que provoque lesão;
  • Torcer dedos.

Golpes permitidos:

  • Alavancas;
  • Estrangulamentos;
  • Imobilizações;
  • Projeções;
  • Pressionamento;
  • Torções.

A Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, fundada em 1994, é a organização responsável por avaliar as regras.

Graduação e significado das faixas

graduaçãoO praticante de Jiu-Jitsu, conforme vai evoluindo e melhorando seu desempenho, vai recebendo uma faixa de cor diferente, de acordo com o grau de evolução.

As faixas, que simbolizam os diferentes graus do praticante, que vão das técnicas básicas até as mais avançadas, acompanham a ordem a seguir:

  • Faixa Branca – para iniciantes de qualquer idade.
  • Faixa Azul – geralmente, para lutadores a partir de 15 anos que treinam em um período de um ano e meio até dois anos.
  • Faixa Roxa – varia com o desempenho mas, geralmente, é entregue para atletas a partir de 17 anos que já praticam a modalidade há dois anos.
  • Faixa Marrom – normalmente um ano e meio de treino para atletas a partir dos 18 anos.
  • Faixa Preta – a partir dos 19 anos de idade.
  • Faixa Coral (vermelha e preta) – para mestres.
  • Faixa Vermelha – destinada ao grande mestre.

A mudança de faixa é importante no Jiu-Jitsu, por trazer uma sensação positiva de estar evoluindo e sendo recompensado pelos seus esforços.

Principais golpes do Jiu-Jitsu

Ao contrário de outras lutas, o Jiu-Jitsu permite que o adversário mais leve vença o mais pesado, desde que saiba utilizar as técnicas corretamente. A inteligência para combinar as ações é a principal arma dentro dessa arte marcial.

Os principais golpes são:

  • Baiana – Atleta ergue as pernas do adversário para derrubá-lo no chão.
  • Joelho na barriga – Apoia o joelho na barriga mantendo as pernas flexionadas com os pés no solo.
  • Passagem de guarda – Quando o atleta fica em cima do adversário, imobilizando-o.
  • Pegada pelas costas – Apoia o adversário com os calcanhares nas costas.
  • Projeção ou queda – Desequilíbrio e queda do adversário ao chão.
  • Raspagem – Quando o atleta que está por baixo consegue prender o adversário dentro das suas pernas e inverter a posição.

É preciso ter em mente que no Jiu-Jitsu, o corpo todo do lutador é utilizado como arma de combate e, também, se aprende a utilizar o corpo do parceiro para se beneficiar na luta. Na verdade, é usada a própria energia através de projeções, imobilizações, contusões, etc.

Por isso, para ter sucesso na prática do Jiu-Jitsu, é fundamental ter muito domínio e equilíbrio do próprio corpo. Segundo uma lenda, essa ideia surgiu da observação de um médico japonês chamado Shirobey Akiyama, que percebeu que os galhos mais fortes não suportavam o peso da neve, enquanto os mais fracos e finos sim. Esses galhos menores eram flexíveis e faziam com que a neve escorresse por eles. A partir daí o médico formulou mais de 300 golpes.

principais-golpes-da-arteEmagrecendo com o Jiu-Jitsu

Certamente, por ser uma atividade bem intensa, em um treino de uma hora de jiu-jitsu é possível gastar, mais ou menos, de 700 até 1000 calorias. As regiões mais trabalhadas nessa luta marcial são costas, braços, peito e toda a região abdominal.

E mais, além do treino prático, com golpes, o praticante consegue aumentar a massa muscular sem exageros, ou seja, se a estrutura é menor aprenderá a ficar forte e se defender muito bem sem precisar aumentar o tamanho corpóreo.

O fato é que jiu-jitsu emagrece, e muito, e isso porque no treino tem muito aeróbico e resistência física, o que contribui para queimar gorduras com facilidade e de forma imperceptível, claro, se for combinado com uma alimentação adequada, os resultados são melhores e mais rapidamente percebidos.

O que faz com que praticantes da modalidade acabem adotando essa arte marcial para sempre é porque, ao contrário das academias, com seus exercícios repetitivos e entediantes, o Jiu-Jitsu faz com que seu treino seja estimulante, divertido e, claro, queime muitas calorias.

Outros benefícios

beneficiosSem dúvida, a prática da arte marcial ajuda a manter um estilo de vida mais saudável que, na verdade, é o segredo de quem quer manter o peso e ter um corpo ideal. Quanto mais uma pessoa gostar de praticar Jiu-Jitsu, mais irá se dedicar e alcançar bons resultados.

Portanto, Jiu-Jitsu é uma ótima opção para quem está a procura de alguma atividade divertida, sendo uma boa alternativa à academia, por exemplo. E mais, essa arte marcial costuma ser uma boa alternativa para adultos que sentem falta de estímulos em outros esportes, já que reúne gratificação, eficácia e diversão em uma mesma atividade.

O Jiu-jitsu trabalha sequências de movimentos cardiorrespiratórios, chutes, rolamentos, e no início e final das aulas os instrutores passam uma série de exercícios aeróbicos e alongamentos, que contribuem para o funcionamento do metabolismo.

Principais benefícios da prática de Jiu-jitsu:

  • Alívio do estresse e ansiedade;
  • Aprender autodefesa;
  • Diminuição do colesterol;
  • Ganho de força muscular;
  • Ganho de inteligência para se defender;
  • Melhoria da disposição e atenção no dia a dia;
  • Melhoria da qualidade de vida;
  • Perda de peso e emagrecimento rápido;
  • Pessoas de peso mais leve conseguem competir com as mais pesadas.

Leave a Reply