Nimesulida: Para que Serve e Como Tomar

4.7 (94.29%) 7 votes

nimesulidaNimesulida: Para que Serve e Como Tomar

A nimesulida, ou nimesulide,  é um medicamento que apresenta propriedades que combatem a inflamação, a dor e a febre.  Por inibir a enzima ciclooxigenase, relacionada à produção de uma substância chamada prostaglandina, a nimesulida faz com que a dor e a inflamação diminuam.

É, portanto, um remédio da classe dos anti-inflamatórios não esteroides, e tem como principal substância a própria Nimesulida (100 mg), responsável pelas funções analgésicas e também anti-inflamatórias.

Facilmente encontrado nas farmácias, porém, é necessário ter receita médica para efetivar a sua compra.

O medicamento nimesulida pode ser vendido em pequenas embalagens com 12 comprimidos ou também na forma líquida com 15 ml, seu uso é indicado para adultos e crianças acima de 12 anos de idade.

Como a Nimesulida funciona?

Destinado ao tratamento de uma variedade de condições que requeiram atividade anti-inflamatória, analgésica e antipirética.

Por conter a substância cicloxigenase-2 que contribui para fazer a síntese de prostaglandinas, a nimesulida combate as inflamações, e por agir no sistema nervoso central, o medicamento anestesia as partes cerebrais responsáveis pelo alerta de dor.

Além disso, a nimesulida oferece respostas mais rápidas que outros anti-inflamatórios, por exemplo, o tempo médio estimado para início da ação depois de ingerir nimesulida é de 15 minutos para alívio da dor. A resposta inicial para a febre acontece cerca de 1 a 2 horas após o uso do medicamento com duração de, mais ou menos, 6 horas

Indicações de uso de nimesulida

O uso da nimesulida é indicado para os seguintes casos:

  • Inflamações de dente;
  • Irritações na garganta ou dor de garganta;
  • Dores de cabeça;
  • Dores de dente;
  • Dores de ouvido;
  • Aliviar cólicas renais;
  • Fortes cólicas menstruais;
  • Febre;
  • Aliviar os sintomas da gripe;
  • Osteoartrite;
  • Dismenorreia primária.

Lembrando que a nimesulida – e todos os seus outros possíveis nomes – está disponível em farmácias, com preços que variam de acordo com o fabricante e fármaco que o vende. Uma caixa com 12 comprimidos pode ser encontrada na faixa de R$ 2,50 a R$ 13,00. A nimesulida em gotas é um pouco mais cara, ficando entre R$ 7,00 a R$ 15,00.

Como usar nimesulida

tomando-remedioA nimesulida pode ser usada em gotas e em comprimidos e o recomendado é que seja utilizada na menor dose possível, somente para resolver as necessidades de alívio do paciente, seu uso acima da dosagem máxima é expressamente contraindicado devido à possibilidade de acometimento dos rins.

Nimesulida pode ser tomada em gotas após as refeições e o recomendado é que nimesulida, assim como todos os anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs), seja utilizado com a menor dose segura e pelo o menor tempo possível de duração do tratamento.

O ideal é que ele seja tomado no período de tempo de 12 em 12 horas, no caso, duas vezes ao dia, porém, só o médico poderá indicar a melhor forma para o seu caso. Por exemplo, em casos de pós- operatório, talvez esse anti-inflamatório precise ser utilizado mais vezes ao dia, justamente, para que a dor seja inibida, e o mesmo vale para quem está tratando dor de dente inflamado.

Na nimesulida, na versão líquida, cada gota corresponde, mais ou menos, 2,5 mg de medicação.

A melhor forma de usar a nimesulida é após as refeições, pois, dessa forma os efeitos colaterais de náuseas ou dores de estômagos têm menor chance de aparecer.

Nimesulida para dor de garganta

Talvez o sintoma pelo qual a nimesulida seja mais procura seja a dor de garganta ou inflamação decorrente de inversões térmicas, gripes, resfriados, laringites, faringite e outras doenças. Nesses casos, a nimesulida funciona como um analgésico potente, embora seu potencial analgésico não resolva o problema, caso a inflamação seja de origem bacteriana, o que saberá se os sintomas não desaparecerem após usar o medicamento.

Nesse caso, é fundamental que o médico saiba imediatamente, para que possa receitar  um antibiótico ou anti-inflamatório condizente com sua situação atual.

É preciso, no entanto, muito cuidado, já que a nimesulida não deve ser utilizada por um longo período, pois com o passar do tempo aumentam as chances de surgirem efeitos colaterais graves.

Nimesulida para dor de dente

Além da garganta, nimesulida costuma ser muito receitada como um anti-inflamatório para dor de dente ou dente inflamado. Por ter uma ação muito forte e rápida é uma solução boa, mas que não deve ser frequentemente consumido. Por isso, a dica é, caso esteja fazendo uso dessa medicação para aliviar as dores, procurar alternar com outros anti-inflamatórios não esteroides como o ibuprofeno, por exemplo.

Contraindicações da Nimesulida

Esse anti-inflamatório não é recomendado para as seguintes pessoas:

  • Mulheres grávidas ou em período de amamentação;
  • Pacientes com distúrbios oculares;
  • Com insuficiência cardíaca congestiva;
  • Com insuficiência renal;
  • Casos de infecção bacteriana, nesses casos o uso de antibiótico é indispensável;
  • Com mau funcionamento do rim;
  • Pessoas com alergia ou hipersensibilidade a algum item da fórmula do medicamento, principalmente o ácido acetilsalicílico;
  • Pessoas que sofram de úlceras;
  • Pessoas com problemas de coagulação;
  • Hipertensos, diabéticos e pessoas com qualquer outra doença crônica;
  • Crianças com menos de 12 anos;
  • Idosos e portadores de broncoespamos.

Vale ressaltar que, como qualquer medicamento, é fundamental consultar seu médico antes de usar o medicamento e, principalmente, caso se encaixe em alguns dos casos acima citados.

Efeitos colaterais da Nimesulida

Como todo o medicamento, a nimesulida pode causar uma série de efeitos colaterais, alguns nada comuns, outros mais prováveis devido à condição anti-térmica e anti-inflamatória.

Confira abaixo a lista de possíveis efeitos colaterais que a Nimesulida pode provocar:

  • Coceira (reações alérgicas);
  • Diarreia;
  • Diminuição da temperatura corporal;
  • Diminuição do volume urinário;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de estômago;
  • Fraqueza;
  • Náuseas;
  • Perda de apetite;
  • Sonolência;
  • Sobrecarregamento renal;
  • Tremores;
  • Urina escura.

É importante saber que a nimesulida pode causar dependência, e isso por causa seus fatores analgésicos, por isso, devido ao seu alto grau de toxidade hepática, deve ser rigorosamente evitado o uso contínuo ou frequente da medicação, principalmente, em pacientes que já possuem complicações nos rins e/ou fígado. Em pacientes idosos e crianças a cautela deve ser ainda maior.

E atenção, caso durante o tratamento os sintomas não desaparecerem, o indicado é consultar seu médico para verificar quais são os medicamentos mais recomendados para a sua situação em especial.

É fundamental só tomar nimesulida com indicação médica, pois todo remédio possui efeitos colaterais, sendo assim, somente um profissional poderá avaliar e concluir o melhor tratamento para o seu caso.

Nomes comerciais da Nimesulida

Vale saber que a nimesulida é comercializada por diferentes laboratórios, incluindo a versão genérica, com o próprio nome do medicamento.

Veja abaixo alguns dos outros nomes desse anti-inflamatório:

  • Mesalgin (TKS);
  • Nimesilam (EMS);
  • Nisulid (Ache);
  • Optaflan, (Gallia);
  • Scaflam (Mantecorp).

É possível encontrar nimesulida em qualquer rede de farmácias do Brasil, pois é um medicamento bem popular e com baixos custos.

O que precisa saber antes de usar Nimesulida

como-tomar-nimesulidaNimesulida é uma droga anti-inflamatória não-esteroidal, portanto, seu uso pode mascarar a febre relacionada a uma infecção bacteriana.

Não é recomendado usar outros medicamentos anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs) durante o tratamento com nimesulida, além disso, o uso associado aos analgésicos deve ser sob a orientação de um profissional de saúde.

E mais, não é recomendado o uso da nimesulida por pessoas que tenham problemas com uso abusivo de álcool ou em conjunto com medicamentos ou outras substâncias conhecidas, as quais tenham potencial para causar danos ao fígado, havendo um sério risco de ocorrer reações hepáticas.

Porque Nimesulida foi proibida em mais de 10 países?

Muita gente não sabe, mas a nimesulida é um medicamento proibido em mais de 10 países, como o Reino Unido, Canadá, Estados Unidos, Japão, Espanha, Finlândia, Irlanda e Holanda. E não é só isso, é importante saber que a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) já declarou estado de alerta em relação a toxidade desse medicamento, pois, pesquisas apontaram um sério risco de causar complicações bem sérias para o fígado e rins.

Porém, segundo os médicos, os problemas com esse medicamento não ocorrem ao tratar simples inflamações e, sim, por utiliza-lo regularmente, de forma excessiva e recorrente.

Sendo assim, quem sofre com problemas de inflamações e outras situações que dependam de anti-inflamatórios e/ou antitérmico deve ver em outros AINESS uma possibilidade de tratamento, jamais deve optar pelo uso recorrente da nimesulida.

Leave a Reply