Emagrecer: como perder peso rápido com saúde

Emagrecer: como perder peso rápido e com saúde

Muitas vezes ouvimos que emagrecer é simples, basta comer menos do que se gasta, e vale gastar com uma caminhada, dessa forma, iremos emagrecer, como em uma fórmula matemática, porém… a coisa não é tão simples assim.

É fácil emagrecer?

A resposta é Não. Se emagrecer fosse fácil não teriam tantas pessoas se submetendo à cirurgias e dietas radicais, muitas vezes sem sucesso.

emagrecerComo funciona o emagrecimento

É preciso ter em mente que nosso corpo é um sistema complexo que possui diversas variáveis que regulam o nosso metabolismo, ou seja, nunca gasta uma mesma quantidade calórica todos os dias, mesmo que suas atividades e alimentação estejam iguais.

E essas variáveis podem ser a quantidade e qualidade de sono, estresse, alimentação, tipo de atividade física praticada, ciclo menstrual, entre outros fatores, que estão associados a mudanças no nosso metabolismo.

Na verdade, essas variáveis que aceleram e retardam nosso metabolismo, são as responsáveis pela nossa oscilação de peso, tanto para cima como para baixo.

Por isso, é fundamental, ter um controle sobre essa oscilação, para que em um momento de alta no peso você se mantenha firme em suas atividades e alimentação.

É muito comum encontrar pessoas que desistem de emagrecer nesse momento de aumento de peso, porém, é preciso entender que isso faz parte do processo.

Vale saber, também, que, ao contrário do que muita gente imagina, quanto mais próximo você está do seu peso ideal mais difícil é emagrecer, isso ocorre devido a um mecanismo de defesa do corpo para manter seu estoque de energia, por isso, os últimos quilinhos são os mais chatos para mandar embora.

Ou seja, se no início você perdia 2 kg em uma semana, quando você estiver próximo do peso meta você perderá 500 gramas ou talvez nem perca nada em uma semana, por exemplo.

É comum, ao acompanhar uma pessoa muito acima do peso, por exemplo, perceber que nas primeiras semanas é quando ela perde mais peso, ficando cada vez mais difícil, conforme vai chegando ao seu peso ideal.

Na verdade, para perder peso, com saúde é necessário, além de foco, força de vontade, disciplina, que o corpo gaste mais calorias do que consome.

Por isso, as duas medidas mais importantes para chegar ao peso ideal são:

  • Ajustar hábitos alimentares;
  • Praticar atividades físicas.

Mas, claro, fatores como os acima citados devem ser levados em consideração, já que nem sempre nosso organismo- metabolismo- responderá da mesma forma. Portanto, de nada adianta achar que as duas medidas farão milagres sem perseverança e disciplina.

E mais, o emagrecimento deve ser feito de forma gradativa, com um cardápio saudável e variado.

Quer emagrecer de forma saudável e definitiva? Então, siga as dicas abaixo:

dicas-para-perder-pesoConsuma alimentos que queimam a gordura

Alguns alimentos ajudam a emagrecer porque estimulam a queima de gordura, dentre eles podemos citar o chá de hibisco, lichia e farinha de amora.

Consuma alimentos que desincham

Alguns alimentos contribuem para o emagrecimento devido à ação anti-inflamatória, são alimentos ricos em ômega 3, dentre eles: salmão, atum, sardinha, arenque, cavala, linhaça e castanhas.

Aumente a saciedade

Você pode aumentar a sensação de saciedade, ou seja, fazer com que a fome demore mais para aparecer, apostando em alimentos ricos em fibras, para a fome demorar mais a aparecer, contribuindo para a perda de peso.

As principais fontes de fibras são: frutas, cereais integrais, como arroz, trigo, centeio, cevada e a aveia. As leguminosas, como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha e as verduras e legumes também contam com boas quantidades de fibras. Sementes como  chia, linhaça e semente de abóbora, também tem fibras.

Acelere seu metabolismo

Uma das dicas para emagrecer mais rápido é acelerando seu metabolismo. Para isso, a dica é investir em alimentos com ação termogênica, que estimulam a maior queima de calorias. Os principais alimentos termogênicos são: pimenta, chá verde, canela, gengibre e café. Veja os benefícios dos alimentos termogênicos.

Aposte em lanchinhos!

Acredite, ao contrário do que muita gente pensa, o ideal para perder peso é fazer as três refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e dois ou três pequenos lanches. E isso é para manter seu metabolismo funcionando o dia inteiro, além de dar mais saciedade, diminuindo aquela fome fora de hora, impedindo que caia em tentações e exagere nas grandes refeições.

Mas atenção, é preciso que o intervalo entre cada refeição seja de, no mínimo, 2 horas.

Pratos bem coloridos

Uma alimentação saudável pede equilíbrio de nutrientes e variedade de alimentos, o que podemos perceber pela variedade de cores no prato. Quanto mais colorido, mais nutritivo. Para isso, basta investir em frutas, legumes, verduras e, claro, diferentes tipos de carnes, cereais, leguminosas (feijão, lentilha), leites e derivados, grupos alimentares essenciais para a alimentação diária.

Fuja das dietas restritivas

Fuja das dietas que cortam drasticamente as calorias ou algum componente específico, como os carboidratos por exemplo. Dietas saudáveis não promovem a perda de mais que um quilo por semana.

Um alimentação monótona e com pouca variedade de alimentos não costuma durar muito tempo, sendo difícil de ser seguida, provocando a recuperação de todo peso perdido, além de não trazer todos os nutrientes que o corpo precisa, podendo até afetar a imunidade e deixar o corpo mais vulnerável a doenças.

Chás que ajudam a emagrecer

Chá verde, chá preto e o chá de canela, eles são ótimos para fazer parte do cardápio diário, pois estimulam a queima calórica. E o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada no abdômen.

Pratique exercícios aeróbicos regularmente

A Organização Mundial de Saúde recomenda praticar, ao menos, 150 minutos de exercícios moderados por semana para uma pessoa ser considerada ativa. Ou seja, praticando uma hora de exercício em três dias na semana (180 minutos), você já ultrapassa essa meta! Mas, para queimar gordura e emagrecer é importante investir em exercícios aeróbicos como: caminhadas, corridas, bicicleta, dança, natação, entre outros.

Pratique exercícios de força

Praticar musculação ou pilates, por exemplo, são super importantes para ganhar músculos e fazer o corpo gastar calorias, invista neles!

Evite dietas da moda

A cada dia surgem novas dietas, muitas vezes, sem nenhuma base científica, sem falar que costumam ser altamente restritivas, ou seja, não podem ser seguidas por muito tempo e, também, costumam devolver em dobro o que se perde. Por isso, fique atento a que custo essa perda de peso é alcançada. Muitas delas levam à perda de músculos, o que é especialmente prejudicial para quem quer emagrecer e manter o peso depois disso.

Diminua o consumo de sal e açúcar

E se você pensava que o açúcar era o único vilão, na verdade, o sal, que é a principal fonte de sódio, mineral, em excesso no organismo, aumenta o risco de hipertensão e a retenção de líquido. O açúcar, consumido em excesso, se transforma em acúmulo de gordura, principalmente, na região da barriga. E alimentos fontes de carboidratos simples são ricos em açúcar, entre eles podemos citar o açúcar, refrigerantes, doces e, claro, farinha branca, como pães, massas e bolos.

Sinais de perigo

Acredite, alguns sintomas podem servir de sinais de que sua dieta está prejudicando sua saúde, dentre eles podemos citar a queda de cabelo, unhas fracas e quebradiças, desânimo, fraqueza, indisposição, tontura,  flacidez  e  constipação intestinal.

Evite a gordura trans

Gordura trans não faz nada bem ao organismo, esse tipo de gordura é aquela, geralmente, encontrada em alguns biscoitos, sorvetes, bolos industrializados, entre outros. A gordura trans aumenta o LDL (colesterol ruim para o organismo) e diminui o HDL (colesterol bom). Além disso, age também aumentando os triglicerídeos que pode ser armazenado no tecido adiposo.

Reduza o consumo de gordura saturada

Uma alimentação rica em gordura saturada, fatalmente, vai levar ao aumento de peso, já que o consumo de gorduras saturadas em excesso está relacionado ao acúmulo de gordura no organismo, ou seja, à dificuldade para emagrecer. Dentre os alimentos com maior quantidade de gordura saturada podemos citar as carnes vermelhas, leite integral, manteiga e queijos.

Atenção nas calorias

Uma boa forma de controlar o consumo de calorias é procurando prestar atenção nos rótulos dos alimentos. Vale saber que os carboidratos possuem 4 calorias por grama, enquanto as proteínas também contam com 4 calorias por grama e as gorduras possuem 9 calorias em cada grama.

Beba muita água

Com certeza, você já ouviu muito por aí, e realmente é verdade, consumir muita água contribui, e muito, para emagrecer de forma saudável. A recomendação é ingerir entre 30 a 35 ml por kg de peso corporal de líquidos, o que em média fica em torno de 2 litros por dia.

Evite beber cerveja

O álcool é uma substância tóxica para o organismo e o fígado dá preferência para metaboliza-lo primeiro, e essa mudança no metabolismo do fígado favorece o acúmulo de gordura no organismo.

Descubra o seu peso ideal

Uma boa forma de avaliar se seu peso pode ser considerado saudável, é através  do Índice de Massa Corporal (IMC), que é calculado por meio do peso em quilogramas dividido pela altura ao quadrado (Kg/m²).

Embora o IMC não sirva para mostrar a proporção de gorduras e músculos do corpo humano, ele ajuda a ter uma noção se o seu peso está dentro do considerado saudável ou não.

4.7 (94.74%) 19 votes

Leave a Reply