Hipertrofia muscular como Conseguir aumentar o Volume muscular?

4.9 (98%) 20 votes

hipertrofia-muscularA hipertrofia muscular nada mais é do que o aumento de massa muscular, ou seja, dos músculos. Isso pode ser obtido através do equilíbrio e combinação de três fatores, que são: a pratica de atividades físicas intensas, descanso e uma alimentação voltada para esse objetivo.

Vale lembrar ainda que a hipertrofia muscular pode ser obtida por qualquer pessoa, desde que seja seguido um plano que esteja de acordo com esse objetivo. Isso quer dizer uma alimentação focada, descanso e treinamento dos grupos musculares para que se desenvolvam.

O descanso pode parecer algo estranho, mas a verdade é que é importante respeitar intervalos de 24h entre dois treinos de um mesmo grupo muscular. O fato é que a hipertrofia não acontece durante o treino, e sim nos momentos de descanso do mesmo.

Vale lembrar ainda que o processo de hipertrofia muscular deve sempre ser acompanhado por um profissional de educação física que esteja qualificado para isso. O nutricionista também é importante nesse processo, cuidando para que a alimentação esteja de acordo com o treino sem colocar a saúde ou os resultados em risco.

Isso porque se a alimentação não estiver adequada, o treino apresentara poucos resultados.

Então, se você se interessa por esse assunto e quer saber um pouco mais sobre a hipertrofia muscular, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

Como ocorre a hipertrofia muscular?

como-ocorre-a-hipertrofiaPara começar é preciso explicar que durante a realização do exercício, os músculos que foram trabalhados sofrem pequenas lesões nas suas fibras.

Depois disso, o organismo começa a trabalhar para repor essas fibras musculares que foram perdidas ou sofreram danos. A consequência desse processo é o aumento do volume muscular.

Esse processo de “lesionar” as fibras musculares ocorre por causa do estresse causado aos músculos por conta da sobrecarga. Isso quer dizer que a realização de atividades com uma carga superior àquelas que os músculos estão acostumados, normalmente induzem o processo de adaptação muscular. O resultado disso é a hipertrofia muscular.

Esse processo de estresse, por sua vez, pode ser notado quando se sente aquela sensação de queimação do músculo durante a realização de uma atividade. Isso leva ao inchaço das células musculares e provoca um acúmulo de glicogênio, sangue e outras substâncias em seu interior.

Assim, há um estímulo para o aumento da massa muscular.

Como realizar um treino de hipertrofia muscular?

Como já foi dito anteriormente, um treino para promover a hipertrofia muscular deve sempre ser estabelecido com a ajuda de um profissional em educação física qualificado para isso, lembrando que ele deve ser adequado para a condição de cada um

No entanto, de uma forma geral, os treinos com objetivo de hipertrofia muscular são mais intensos, realizados pelo menos 4 vezes na semana e com uma carga mais elevada do que um treino comum a fim de potencializar a hipertrofia.

Vale lembrar que, não somente a hipertrofia, mas a pratica de atividades físicas de uma forma geral oferecem muitos benefícios para a saúde, tal como o aumento da energia e disposição, redução no índice de massa corporal, aumento da capacidade cardiorrespiratória, prevenção de doenças e outros.

O mais importante de tudo é que o treino focado na hipertrofia trabalhe o corpo inteiro, de uma forma geral, mas sempre respeitando o período de 24 horas para que possa haver a recuperação do grupo muscular que já foi trabalhado.

Um erro bastante comum nas academias quando o assunto é hipertrofia muscular e os homens que treinam muito os membros e as mulheres que foram em treinar muito os membros inferiores.

Claro que cada pessoa tem seus objetivos, mas considerando a longo prazo, pode ocorrer uma assimetria corporal, visto que uma parte está muito mais desenvolvida que a outra.

Além disso, ainda podem ocorrer dores nas costas ou problemas osteoarticulares no caso dos homens, visto que são as pernas que sustentam o restante do corpo.

Outro ponto importante que deve ser ressaltado, é que o processo de hipertrofia é lento, sendo que os primeiros resultados devem começar a aparecer depois de 6 meses de treinamento regular.

Justamente por isso que é importante persistir no objetivo até obter os resultados desejados.

Alimentos para ajudar na hipertrofia muscular

alimentos-para-ganhar-massa-muscularComo também já foi dito, a dieta para complementar um treino de hipertrofia deve ser recomendada por uma nutricionista, visando as necessidades específicas de cada um.

No entanto, de uma forma bem básica, deve-se consumir mais calorias do que aquelas que se gasta. Porém, isso deve ser feito essencialmente através de proteínas, visto que elas são imprescindíveis no processo de recuperação muscular.

O consumo de carboidratos, pelo contrário, deve ser baixo e as gorduras boas são bem-vindas para ajudar a dar energia para um treino mais intenso e para que seja possível manter a disposição ao longo do dia.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a hipertrofia muscular, como acontece e o que precisa ser feito para alcançar esse objetivo. Boa sorte!

Leave a Reply